Críticas sobre o livro

Fonte: Análise do livro por John T Reed

Pai Rico, Pai Pobre tem sido criticado por praticamente não ter nenhum conselho concreto e lições em parábolas em excesso. Há leitores que afirmam terem terminado o livro sentindo-se motivados e prontos para começar a escapar da corrida-dos-ratos, apenas para perceberem logo depois que não tinham idéia de como fazer isso. Também foi dito que discernir fato, ficção e alegoria é difícil no livro. Alguns conselhos dados no livro são considerados pobres ou mesmo perigosos por outros investidores. Por exemplo, Kiyosaki advoga se concentrar em pouco “bons investimentos” em vez de diversificar. Ele também minimiza a importância da educação tradicional. John T. Reed, um crítico declarado de Robert Kiyosaki, diz: “Pai Rico, Pai Pobre contém muito conselho errado, muito conselho ruim, alguns conselhos perigosos e virtualmente nenhum bom conselho.” Ele também afirma, “Pai Rico, Pai Pobre é um dos livros de aconselhamento financeiro mais burros que eu já li. Ele contém muitos erros factuais e numerosos relatos muito pouco prováveis de eventos que supostamente ocorreram.” Kiyosaki providenciou uma resposta a muitas da afirmações de Reed. Algumas das alegações que Kiyosaki faz em Pai Rico, Pai Pobre sobre seus feitos parecem ser exageros, mentiras ou más orientações. Tem-se especulado sobre a identidade de seu “pai rico” e se esse indivíduo chegou mesmo a existir, amparados pelo raciocínio de que tal homem, que Kiyosaki descreve como um dos mais ricos do Havaí, e sua família que continuam sua tradição, teriam sido bem conhecidos em um estado pequeno como o Havaí. Na edição de fevereiro de 2003 da revista americana SmartMoney, Kiyosaki recuou quanto a afirmação de que seu pai rico era uma pessoa real, dizendo, O Harry Potter é real? Por que vocês não deixam pai rico ser um mito, como Harry Potter?

Existem muitas inconveniências neste livro, como:

O livro de Kiyosaki A verdade sobre o assunto em questão
Os ricos ficam mais ricos. Às vezes, eles ficam mais pobres.

Não se trata de quanto dinheiro você ganha, é quanto dinheiro que você tem.

Quanto mais você ganha, mais você tem. Apenas uma taxa superior a 100% que iria mudar. E ela não existe.

Trabalhar mais simplesmente aumenta as taxas de imposto tomadas pelo governo.

Trabalhar mais aumenta tanto sua renda antes do imposto e o imposto de renda, bem como sua obrigação fiscal. O que Kiyosaki diz que só seria real se o taxa de imposto for de 100%, o que nunca é.

Uma pessoa inteligente contrata pessoas mais inteligentes do que ela.

Como regra geral, as pessoas que são mais espertas que você não trabalhão para você, até que você tenha atingido um nível bastante elevado de sucesso.

A maioria das pessoas trabalham a vida toda pagando por uma casa que nunca quiseram.

A cada pagamento, seu capital aumenta, enquanto o custo da propriedade não cair. Muitas pessoas pagam sua hipoteca toda antes de morrer. Quase todos podem aproveitar sua casa durante e depois da hipoteca.

A maioria das pessoas que trabalham pelo contracheque da empresa, estão fazendo os donos, ou seus sócios mais ricos.

Irrelevante. Você deve escolher o que você faz de acordo com seus objetivos. Você não deve se preocupar do que os outros se beneficiam de seus esforços. De fato, você irá prosperar mais quando você ajudar os demais atingirem seus objetivos.

Você trabalha para o banco. Depois dos impostos, seu gastos maiores são normalmente sua hipoteca e cartões de crédito e débito.

Irrelevante. Você deve usar hipoteca e financiamento bancário sempre que eles te ajudarem a atingir seus objetivos. Preocupar-se com os ganhos do banco nesta parte é pensar pequeno.

Os ricos não seguem o mesmo conjunto de regras.

Sim, eles seguem. São usadas por pessoas pouco sucedidas para estarem aptas a serem bem sucedidas. Elas simplesmente não admitem que elas conseguiram vencer de forma justa nos aspectos econômicos no início dos negócios.

É o conhecimento do poder da estrutura jurídica da empresa que dá aos ricos uma grande vantagem sobre os pobres e a classe média.

Nenhum de meus amigos ricos fazem qualquer uso da empresa. Fiquei milionário em 1983 e nunca usei a empresa. Empresas tem vantagens e desvantagens. A maioria dos corretores não usam a empresa. Usam a bolsa de valores e outros. Kiyosaki afirma ser principalmente um investidor imobiliário.

A razão pela qual eu minimizei meus ganhos é porque eu não quero pagá-la ao governo.

Minimizar ganhos é idiotice. Você estará sempre melhor com mais ganhos. Seu conselho só faria sentido se a taxa do imposto for de 100%.

Você deve ter uma empresa e uma equipe de diretores.

Um dos meus professores de pós-graduação de negócios chamado, Gerenciando a empresa do 15º andar quando você tem um único prédio. Tendo uma equipe de diretores externa quando você é o único investidor imobiliário, com ou sem uma empresa, é uma situação inútil.
Empresas são caras, demoradas e complicadas, e tem muitas desvantagens como impedi-lo de empregar seus filhos menores e deduzindo o salário sem ter que pagar segurança social, retenção e assim por diante. Empresas não podem escapar dos impostos ou taxas sobre tais empregados. Em alguns estados, o dono de uma empresa que não puder comparecer no tribunal de pequenas causas deve contratar um advogado para cada pequeno problema judicial.

Adoro quando meu corretor de imóveis ou de negócios ganha muito dinheiro. Porque normalmente significa que eu ganhei muito dinheiro.

Significa que não existe nada. Corretores que lucram em transações, independente de que eles sejam, em última análise, tornam rentáveis para os clientes. Onde estão os iates dos clientes? é uma velha questão que aponta o fato que corretores da bolsa ganham dinheiro, enquanto seus clientes perdem.

Eu só aplico com o dinheiro que posso dar o luxo de perder.

Prejuízo é prejuízo. Todas as perdas ficam pior. Não existe uma linha que separa as perdas daqueles que não arriscam. Você não deve investir em algo a menos que você tenha um razoável grau de confiança que você não vai perder. Há diversos livros que condenam esse tipo de pensamento, que é uma forma de pensamento errôneo financeiro conhecido como contabilidade mental.

Ação sempre vence a reação.

Ás vezes, a reação é a melhor opção, como quando você está pensando em como vender imóveis ou uma fotografia, e depois age.

Dilbert comic strip for 08/20/2000

Tira em quadrinhos de Dilbert publicado em 20/08/2000

1 ) Um bom gerente contrata pessoas que são mais espertos do que ele.
2 ) Então… Seu chefe é mais burro do que você?
3 ) E o chefe do seu chefe é mais burro ainda?
4 ) E, de acordo com sua teoria, nosso presidente é a pessoa mais idiota da empresa.
5 ) A menos que todos vocês sejam maus gestores.
6 ) Realmente estamos condenados de qualquer forma.
7 ) Isto conclui a parte motivacional da reunião.
8 ) Eu te daria os parabéns, mas acho melhor não me mexer.


%d blogueiros gostam disto: